Site Autárquico Serpa

“Rota do Território Hospitalário”

Notícias

Apresentação de vídeo promocional

23 de setembro 2022

No dia 22 de setembro foi apresentado em Aroche um conjunto de três vídeos que permitirão uma maior e melhor promoção da Rota e do Festival do Território Hospitalário.

A sessão contou com intervenções de António Muñiz, Alcaide de Aroche, Ana Torres, Concejala de Turismo de Aracena e de João Efigénio Palma, Presidente da Câmara Municipal de Serpa. Esteve também presente a Sr.ª Vereadora Odete Borralho, bem como outros eleitos e técnicos dos municípios parceiros.

Aroche, Aracena, Serpa e Moura compartem um passado comum, que estes quatro municípios, de ambos os lados da fronteira, quiseram valorizar e usar como meio de estreitar relações, cooperar e potenciar um território que inclui a Margem Esquerda do Guadiana, na parte portuguesa e a comarca da Serra de Aracena e Picos de Aroche, no lado espanhol. Entre 2019 e 2022, aproveitando as Subvenções da “Consejeria de Presidencia, Administración Pública e Interior” da Junta da Andaluzia, destinadas ao fomento da cooperação transfronteiriça na Euroregião Alentejo-Algarve-Andaluzia, os municípios de Aroche, Aracena, Serpa e Moura decidiram entrar num projeto conjunto, baseado na sua história medieval comum, para potenciar as relações transfronteiriças e valorizar os seus recursos históricos para criar uma nova rota turística, numa iniciativa de turismo cultural transfronteiriço, que nos torna participantes de um período crucial da história deste território do Sudoeste Ibérico, através de uma viagem até à Idade Média.

Os projetos desenvolvidos no âmbito da Rota do Território Hospitalário, cujo nome se deve ao papel desempenhado pela Ordem do Hospital de São João na conquista e administração deste território, foram a criação de uma rota turística e cultural “Rota do Território Hospitalário”; a edição de folheto-guia da Rota; a criação do Festival do Território Hospitalário, que inclui eventos culturais na Mostra de Música Antiga de Aracena, a Noite das Velas do Castelo de Aroche ou na Feira Histórica de Serpa;a criação da app turística “Turismo na Raia” e a edição de um vídeo promocional da Rota e do Festival Território Hospitalário. Os projetos incluíram visitas e reuniões dos representantes políticos, dos técnicos municipais, visitas guiadas às populações dos quatro municípios e conferências a cargo de diversos especialistas em história medieval.

Estes vídeos poderão ser apresentados em feiras de turismo nacionais e internacionais, estando prevista uma apresentação oficial na FITUR (Madrid). Os vídeos aproximam a realidade da Rota aos potenciais visitantes, mas também permitem um maior grau de conhecimento por parte das populações locais da sua história, dos seus monumentos e dos seus recursos culturais e patrimoniais. Trata-se de mais um meio de comunicação num território onde a fronteira nunca foi uma barreira física, mas antes um meio de comunicação e de oportunidade de cooperação e criação de iniciativas comuns que contribuam para o desenvolvimento socioeconómico e cultural destes territórios de fronteira.